Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amena em Viagem

O Amena não tem o melhor nome para blogue de viagem e lady-gazeta não é o nome de autor mais credível para uma blogosfera de gente séria, mas estamos bem com isso. Somos sempre mais do que bons viajantes e bons nomes.

11 de Janeiro, 2018

[ALERTA] CBS também destaca Portugal

lady-gazeta

http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/turismo---lazer/detalhe/cbs-aconselha-portugal-como-destino-para-viajar-em-2018

 

Não é novidade, companheiros: somos mesmo espectaculares e, aos olhos da maioria dos europeus e norte americanos, Portugal é o país que faz jus à união do factores sol, segurança, natureza, praia, história e baratucho. Sim, convencemos de facto. 

 

Estão a perceber o por quê de não emigrar?   Dinheiro não é tudo, amigos. 

10 de Janeiro, 2018

MADRID | 2DIAS | 150Euros

lady-gazeta

Prometido e cumprido. Falei-vos do meu lado mais sério... mas até agora pouco ou nada viram. Vamos a isto? 

Como partilhei aqui no blogue, voei até Madrid, numa visita em contra-relógio. Fui com um grupo de amigas e eu tratei do plano. Não vos garanto que fizéssemos tudo nesta ordem, mas passámos nos locais abaixo citados. O orçamento era apertado  (estávamos em contenções) e tivemos isso em conta durante a escolha do alojamento (em hostel). A experiência foi muito boa, quer em termos de condições, quer em termos de preços, como verão adiante. 

Contudo, apesar das restrições económicas, foi o preço do voo que encareceu a viagem. Hoje, em simulações, é fácil arranjar alternativas mais baratas. Este preço deve-se ao facto dos bilhetes terem sido comprados com 3 semanas de antecedência. Visitar Madrid em Janeiro foi uma experiência óptima: sorte com o tempo e, também a seu favor, uma cidade considerada plana, permitindo longas caminhadas. 

 

Roteiro.jpg

 

 

 

Como não estamos a inventar a roda, este roteiro é baseado em mapas e sugestões aqui da blogosfera. 

Assim sendo, segue um dos exemplares disponíveis na web e disponível também na Hotelaria Madrilena: https://www.esmadrid.com/sites/default/files/documentos/mapa_turistico_madrid_29122017.pdf

 

Forneço-vos também o link directo do Mapa do Metro de Madrid (faço questão de o obter assim que chego a uma nova cidade): https://www.planometromadrid.org/mapas-metro/plano-metro-madrid-accesible-2018-01.png 

 

Posto isto, vamos a custos?

Tendo em conta que estavamos com grandes restrições de custos, esta foi a previsão que fizemos para a viagem. E cumpriu-se?

Sim! Totalmente! Mais euro ali, menos euro acolá (isto a nível de refeições) mas não foi mais do que isto. Pelo contrário.

 

Custos.jpg

 

A reter...

  • Tapas são, a nível gastronónico, a melhor iguaria de nuestros hermanos. Recomendo, sem dúvida, o El Tigre!
  • O Hostel foi espectacular: jovem, limpo, moderno e central. Situa-se na Chueca, onde a noite é para lá de muito divertida. 

 

Informações genéricas 

 

OutrasInfos.jpg

 

 

Links Úteis 

10 de Janeiro, 2018

[ALERTA] Ryanair e limite de bagagem de mão!

lady-gazeta

Amigos, já viram bem as novas regras sobre bagagem de mão da Ryanair?

 

Portanto, se querem andar no bandeio com a casa atrás constantemente tenham alguma cautela!

Oram vejam:

https://www.ryanair.com/pt/pt/informacao-util/centro-de-apoio/perguntas-frequentes/Bagagem/Limite-de-bagagem-de-mao

Eles alegam que muita bagagem de mão é penalizante no cumprimento de horários. hummmhummmmm

 

No entanto...

Se não adquiriu embarque prioritário ou um bilhete Plus/Flexi Plus, ainda pode levar 2 artigos de bagagem; no entanto, a sua mala de cabine de 10 kg será etiquetada na porta de embarque e colocada no porão sem custos adicionais. Poderá levar a mala mais pequena para a cabine.

 

Bem haja companheiros! Esta foi a primeira rubrica de serviço público!

08 de Janeiro, 2018

Boa nova? Sim! Para breve!

lady-gazeta

Agora, que o Amena é uma mesa bem comprida cheia de gentes daqui - Portugal, e dali - Brasil, Finlândia e etc, vamos lá acertar as pontas e desvendar uma das boas novas. 

 

O intuito deste blogue, que fará 4 anos (!!oba, oba, oba!!), sempre foi não perder o registo de amena cavaqueira. Adoro escrever. E escrever do mais sério e sentimental até ao tom mais galhofeiro e irónico. Uso um registo mais informal e descontraído, aqui, para a maioria dos temas pois reflecte muito da minha personalidade. Quando descrevo ou abordo algum tema é inevitável não partilhar uma opinião, um desabafo ou, muito provavelmente, uma gargalhada. E este espaço, aqui, é muito isto, como têm vindo a acompanhar. E continuará a ser na maioria das vezes, garanto-vos! 

 

Contudo! Durante esta semana vou contrariar (ligeiramente) esta cavaqueira constante com uma rubrica mais formal e útil para muitos de vós, onde vou disponibilizar roteiros estruturados de cada uma das viagens realizadas. Porquê? Porque este trabalho de pesquisa e de gestão de gastos é útil para mim e obriga-me (sempre!) a consultar diversas fontes na web sempre que pretendo viajar. Partilhando-o convosco, amigos, não é um ajuda preciosa para a humanidade, mas é quase: uma vez que facilita-me o trabalho na resposta à pergunta "L-Gazeta, podes partilhar o teu roteiro de X à cidade Y" e estou certa que será uma mais valia para a restante crew que visita constantemente o Amena.

 

Posto isto, fiquem atentos! Será um primeiro roteiro estruturado! 

04 de Janeiro, 2018

Em 2018 mas a falar sobre 2017 [Guimarães, Braga, Barcelos, Porto]

lady-gazeta

Este ano, a excepção! Não houve o típico balanço entre o bom e mau do ano. É demasiado mainstream.

Not! Minto com todos os dentes, amigos! O tempo foi pouco para esta época festiva que, para além de representar uma época que eu adoro, também representa muito trabalho.

São prendas, prendas, bolos, cozinha… all the time. A mãe O. é espetacular mas não chega para as encomendas: a família que não é enorme, enche casa como se de uma longa família aristocrata se tratasse .

Depois disso, foi fazer malas e siga.

 

O destino não foi novidade. Levantei o véu muito antes do tempo e, depois de um Setembro pelo Norte, chegámos à conclusão que o Dezembro pedia um bocadinho mais para além do que o verão nos mostrou. 

Mas…de Inverno, lady-G? Sim! De Inverno! Se as viagens pela Europa são altamente legítimas durante o período natalício e também chuvoso, porque não dar uma oportunidade ao nosso Norte, em tempos frios? 

 

Em regime roadtrip seguimos para Norte. Num para ali, come aqui, vai acolá, o roteiro foi Lisboa -> Aveiro -> Guimarães -> Braga -> Priscos ->Barcelos -> Porto (RAVALHÃO!!) -> Figueira da Foz -> S. Pedro de Moel -> Lisboa

Em Aveiro, um almoço muito em bom, no Maré Cheia. Mas, aqui entre nós, sempre que vou a Aveiro, para além da ria pitoresca que sempre encanta, as refeições nunca deixam ficar mal. Eu que nem sou fã de peixe, quase que me converto à religião da barbatana por lá. É, sem dúvida, um bom local para um pit stop!

 

Depois saímos rumo a Guimarães, o berço aqui da malta.

E que tal? Um encanto! Uma ternura.

Guimarães (que não foi novidade) estava uma cidade particularmente linda, pojada de brio e brilho! Talvez a sorte das luzes de Natal complementarem muito a cidade ou talvez o estado de espírito de quem a quer conhecer, tornou Guimarães numa cidade recomendadíssima para um fim-de-semana de escapadinha. 

E não minto, amigos, ora vejam.

 

Guimarães, por A.:

DSC01755.JPG

DSC01750.jpg

DSC01817.JPG

DSC01824.jpg

 

DSC01769.JPG

 

Recomendação? Se gostam de passear sem esbanjar e contentam-se com a centralidade e modernidade de alojamentos, aconselho:

Se gostam de visitar museus, castelos e ainda têm a jovialidade dos vintes:

  • Usem Cartão Jovem!  - garante-vos descontos no castelo, no Paço do duque e na subida a Penha.

 

Quanto à restauração, muito fora do padrão das comidas tipicamente portuguesas, recomendo Cor de Tangerina – um vegetariano muito acolhedor e, garanto-vos, muito saboroso.

 

Depois... Braga e Barcelos!

Braga, um agito muito maior do que Guimarães e, tendo em conta as restrições de tempo, uma passagem muito rápida pela cidade fez me crer que é muito mais cosmopolita. Admito que, por não ter conhecido tão bem, não foi a cidade mais vum vum vau!

 

Braga, Bom Jesus, por A:

DSC01799.JPG

 

 

Priscos não passou de... uma visita rápida! A intenção era conhecer o maior presépio vivo da Europa. E… ficou somente na intenção. Não é uma “exposição” permanente. No dia em que passámos o Presépio estava noutros afazeres.

Guardámos a viola no saco e fomos para outra freguesia: Barcelos.

E o nosso mítico galo everywhere. Luzes, galos e igrejas. A capital do artesanato é ladeada de rios (o Cávado que lhe beija as margens) e a ponte, por esta altura, brilha e encanta que só ela, tornando-se o ex-líbris da cidade. Para além da ponte, o centro histórico dá um bailinho a terras de mouros: uma cidade-natal!

 

Esta viagem revela, tal como as fotos mostram, um grande investimento nas decorações de natal . As câmaras investem realmente muito no blink blink da época e as igrejas estão sobejamente iluminadas. A música dita-lo “E a igreja estava toda iluminada”. E não é “a”… são as igrejas! Percorremos a autoestrada e, de lá, é sempre visível o centro histórico de cada freguesia. Por cá, lisboas, ribatejos e sul, as coisas são bem diferentes, o que leva a questionar se a EDP cobra mais na fatura da luz por terras mouras ou simplesmente este brio é deixado somente no catolicismo do norte. Independentemente da resposta, garanto-vos: enamoro-me sempre por terras nortenhas, carago!

 

Como não podia deixar de ser, a avenida dos aliados fechou o 2017 em grande (20 minutos de fogo de artifício para lá de bonitão). O Porto é sempre lindo! E é nos Reis de Gaia que somos sempre bem recebidos!

Fechou-se um ano de escapadinhas nacionais, com duas internacionalizações em Espanha (Cíes) e Marrocos (Marraquexe e adjacentes). Um ano muito comedido a nível de gastos, tal como se previa.

 

Para 2018, perguntam vocês?

O mesmo registo, amigos. Será um ano, acima de tudo, de mudança. Não será um ano menos viajado, mas será um ano viajado cá dentro, indo lá fora.  As poupanças continuam e sou fã de uma casa gira, com coisas giras, com ideias giras - fenómeno pouco compreendido por gentes de minha geração. É que isto do ser giro sai, por vezes, carote. Prioridades, amigos! :P

Mas com calma amigos, uma das viagens já está na rota do planeamento! Aguentem amigos! 

Por cá, no mundo web, o investimento será em bom: o estaminé cresceu e vocês estão cada vez mais desse lado, tornando-se inevitavelmente estimulante para a lady-G. Obrigada! E claro, um ano repleto de amenas cavaqueiras! 

Amena no Instagram

Pág. 3/3